Produzindo um teatro acessível para todos os públicos.

Seja bem-vindo ao Grupo Signatores.

A nossa proposta é investigar as possibilidades de criação artística dos surdos, incentivar a formação de docentes e pesquisadores na área teatral, aproximar jovens e adultos surdos das artes cênicas. O Signatores estimula um espaço de experimentação onde os surdos são os principais autores da produção artística, em um processo de constante diálogo e troca entre surdos e ouvintes. O nome do grupo vem da junção das palavras “signo” e “atores”, um grupo de criação e pesquisa teatral composto por artistas que se utilizam da Língua de Sinais. Signatores também um trocadilho com as palavras “signatário” e “signatura”, as duas palavras com origem no latim “signare” (aquele que assina); o ator que assina: o ator/ autor é o seu próprio trabalho, um “signator”. Produzindo um teatro acessível para todos os públicos.

Equipe

O Grupo Signatores foi formado em 2010, em Porto Alegre (RS), a partir do interesse comum em investigar os processos de construção da linguagem teatral própria da cultura surda.

A possibilidade de experimentação da Língua de Sinais e a linguagem teatral foram os pontos de partida para a pesquisa. No teatro, o corpo do ator é o seu próprio instrumento artístico e a expressão corporal é um dos meios privilegiados de comunicação com a plateia. Na cultura surda, a expressão corporal vai além de uma forma de comunicação, ela faz parte da construção gramatical da Língua Brasileira de Sinais.

Adriana de Moura Somacal
coordenadora geral, diretora e professora-pesquisadora
Sergio Lulkin
orientador pedagógico
Augusto Schallenberger
professor-pesquisador
Ângela Russo
pesquisadora e tradutora /intérprete de LIBRAS
Daniela Lopes
planejamento cultural

Projetos

O Grupo Signatores pesquisa os processos de construção da linguagem teatral surda através do projeto Gestos que falam: diálogos entre teatro e educação. O grupo foi premiado no Concurso Décio Freitas da Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre (2010) e selecionado pelo Programa Sulgás de Patrocínio Cultural e Esportivo (2011) e pela empresa AGCO do Brasil (2013). Em 2012 ganhou, em duas categorias, o Prêmio Agente Jovem de Cultura: Diálogos e Ações Culturais, do Ministério da Cultura.

Parceiros